Entenda o que é a Análise SWOT, como aplicá-la na vida Profissional e como desenvolver um plano de carreira aplicando as Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças

Quem não fez faculdade de Administração ou não teve pelo menos uma cadeira de Planejamento/Empreendedorismo/Marketing dentro do seu curso não teve contato com essa sigla que mais soa como uma nova trend das modas ou uma nova revista gringa. Mas não é.

Faz tempo que essa análise tem ajudado administradores de grandes empresas no planejamento estratégico e no alcance de objetivos das organizações. Com a SWOT é possível avaliar os ambientes e iniciar a mudança de rumos dentro de cada instituição. Por isso é essencial nas áreas de Gestão, assim como é uma forte ferramenta para Acionistas, CEO’s e diretores das corporações para tomada de decisão.

>> Veja como aplicar a análise SWOT para melhorar o seu blog
>> Entenda como compilar as informações pesquisadas para a Matriz SWOT

A técnica de Análise SWOT foi elaborada pelo norte-americano Albert Humphrey, durante o desenvolvimento de um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford entre as décadas de 1960 e 1970, usando dados da Fortune 500, uma revista que compõe um ranking das maiores empresas americanas.

Mas como aplicá-la na vida Profissional? Como desenvolver um Plano de Carreira aplicando as Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças? É o que veremos abaixo.

9a09d17656b738749f111021d3c08b7e

Forças: também conhecido como pontos fortes. Nessa avaliação deve ser utilizado o que se tem de melhor a oferecer, em que se destaca ou domina. Uma boa análise nesse ponto permite uma visão ampla de possíveis falhas na carreira que podem ser melhoradas. É essencial que cada pessoa saiba seus pontos fortes, pois sempre que for questionada ou instigada a mostrar seus dons, estará sempre ao alcance. Use-os como diferencial, nunca para se gabar ou humilhar alguém, humildade é um ponto muito forte. Dica: Nunca diga que tem algo que não possui, Seja sincero consigo e com a empresa.

Fraquezas: Em entrevistas de emprego sempre é realizada a seguinte pergunta: “Quais são os seus pontos a melhorar?”, em geral uma pergunta estrategicamente feita após o candidato ter se esbanjado nos pontos fortes, o que causa uns minutos de silencio e nem sempre uma resposta agradável ao entrevistador. Fato é que essa pergunta pode ser feita de forma individual para avaliação de carreira, “Quais são meus pontos fracos?”, “onde tenho que melhorar para conseguir conquistar meus objetivos?”, e outras perguntas nesse sentido podem colaborar com um melhor desempenho na área ou empresa que atua.

Oportunidades: Quando se avalia uma oportunidade, deve-se levar em conta tudo aquilo que condiz com seus valores, ideais e seu plano para o futuro. Nunca o salário deve ser a prioridade ao avaliar uma proposta. Benefícios, qualidade de vida e plano de carreira devem ser os principais quesito de avaliação. Deve-se levar em conta as vantagens e desvantagens. Um pulo maior que a perna pode levar a uma queda dolorosa. Portanto avalie criteriosamente suas escolhas e tome as melhores decisões, seja para mudar de emprego, área ou negócio.

“A oportunidade nunca é perdida… Alguém sempre vai aproveitar as que você perdeu.” William Shakespeare.

Ameaças: Dentro do contexto de carreira, as ameaças a ser analisadas são de grande importância para a tomada de decisão pessoal. “Como está o mercado de trabalho?”, “quem são meus concorrentes internos e externos?”, “existe a possibilidade de que eu não seja apto a vaga em que ocupo?” ou até “A empresa pode falir e eu não estou preparado para o mercado?”. Vários profissionais não enxergam aquilo que podem prejudicá-los e acabam sendo surpreendidos. Esteja sempre preparado e realizando um impecável trabalho para que tenha a autoconfiança de que está no rumo certo.

A Ferramenta SWOT para vida empresarial permite a análise e avaliação do que pode ser modificado e que pode ser aproveitado. Além de ajudá-lo a se tornar um excelente profissional!

Fonte.