Quem nunca, nunca se deixou seduzir enquanto passava pela frente de uma loja e “precisou” entrar somente pelo que o visual frontal da loja lhe oferecia? Pois é, muitas pessoas também adoram sair somente para olhar as vitrines, e em alguns países, elas são um show à parte.

FOTO3

Podemos dizer que uma imagem vale mais do que mil palavras nesse setor, pois a importância para os lojistas é atrair o consumidor para dentro do seu estabelecimento, pois em muitos lugares, como um shopping por exemplo, apresentam “mais do mesmo”. É claro que existem os clientes fidelizados de cada uma já, mas e os clientes novos, que ainda não conhecem o produto, suas qualidades e especificidades?

Saiba Mais:
>>Brasileiros compram por impulso
>>Crie uma experiência encantadora para o seu cliente

O consultor norte-americano Paco Underhill, um dos maiores especialistas em varejo do mundo, avalia que consumir já não é mais só um ato de suprimento pessoal ou da família, mas uma ação de diversão e entretenimento. Ir às compras, diz ele, hoje em dia tem o mesmo significado e relevância que ir ao cinema, ao teatro, viajar de férias, assistir televisão, jantar fora ou até saltar de pára-quedas, dependendo dos valores e estilo de vida de cada consumidor.

FOTO1

Ainda segundo Paco, o grande desafio do varejo moderno é criar experiências de compra estimulantes para o consumidor, capazes de encantá-lo e fidelizá-lo. Tais experiências envolvem – além do produto – a localização, acesso, arquitetura, layout, merchandising, operação e o atendimento da loja.

FOTO2

Em resumo, a vitrine deve funcionar como um cartão de visitas da loja, e ao mesmo tempo como um vendedor, ser pura sedução e sempre aguçar os sentidos. Por isso, a próxima vez que se deparar com uma, saiba que por trás de toda harmonia e beleza, existe uma idéia a ser vendida e um conceito a ser disseminado, mas o objetivo é um só: você.

assinatura_closetaporter