Quando Sex And The City  estreou há 15 anos fez história com seu figurino que virou sonho de consumo da maioria das mulheres apaixonadas por moda. Patricia Field a figurinista da série, foi responsável por  abrir o mercado (e os olhares) para essa profissão: “O público hoje entende que o figurino pode ser um dos principais elementos de uma série”, relata Janie Bryant, figurinista de Mad Men, “O figurinista agora tem a oportunidade de se destacar e ser reconhecido por criar personagens por meio das roupas”.

Os fãs de Sex And The City e de séries com bom figurino, podem hoje acompanhar o trabalho de grandes profissionais dessa área em 4 seriados que selecionamos pelo trabalho incrível e – meticuloso, especialmente em séries de época.

Já tem sua favorita?

MAD MEN
7º temporada
A série reproduz a realidade de uma agência de publicidade de NY nos anos 60 e o cotidiano de Don Draper (Jon Hamm) um dos sócios e diretor de criação da agência.
A figurinista responsável, Janie Bryant, que inclusive já criou coleções inspiradas na série em parceria com lojas, inspirou-se nos ensaios editoriais das revistas de moda da época para recriar o vestuário. Nas primeiras temporadas, os personagens vestem ternos alinhados, cabelos propositalmente arrumados e cores sóbrias. Com as mudanças da moda ao decorrer da década de 60 o figurino masculino vai ganhando cor. No caso das mulheres, as modelagens vão ficando amplas, com estampas coloridas e cores cítricas deixando para trás o figurino mais conservador.

Imagens Divulgação

Imagens Divulgação

REVENGE
3º Temporada
A história de vingança de Emily Thorne (Emily Irene VanCamp) se passa nos Hamptons no estado de Nova York. Cada personagem tem um figurino diferente, marcante e é claro, luxuoso, já que festas e eventos fazem parte do cotidiano da série.

A protagonista, segue um estilo clássico, abusando de cores primárias, estampas mais discretas, modelagens retas e peças de alfaiataria.
Todos personagens possuem um figurino rico, da vilã Victoria Grayson (Madeleine Stowe) que abusa de jóias poderosas, à sua assistente, que adora saias lápis, cortes modernos e um bom mix de cores, sendo talvez a mais trendy do seriado.

revenge

DOWNTON ABBEY
4º temporada
O seriado britânico aborda o cotidiano e os jogos de poderes que envolvem a família Crawley. Como parte da aristocracia, eles residem em uma propriedade chamada Downton Abbey, localizada em Yorkshire, durante o reinado de George V, em 1912.

Susanna Buxton, a figurinista da série, criou roupas femininas sóbrias que representam as mudanças históricas sofridas por conta da Primeira Guerra Mundial.
A equipe também realizou um estudo sobre os uniformes dos criados e descobriu que as empregadas da época precisavam trabalhar com apenas dois vestidos: um estampado com avental para a limpeza da manhã e um preto para os eventos noturnos, isso porque os tecidos eram tão caros que chegavam a custar o equivalente a seis meses de trabalho. E alguns patrões concediam os uniformes como presente de Natal.
Em 2012, a atração ganhou o Emmy Awards de Melhor Figurino – minissérie, telefilme ou especial.

Downton Abbey começou em 1912 e avançou para a década de 20 ao longo das temporadas “É extraordinário ver a mudança na transformação da roupa feminina. Como elas eram cobertas antes, sem conforto algum, usando corseletes apertados. E tudo isso muda na temporada quatro. Os looks são mais soltinhos, bem mais confortáveis”, comenta a figurinista.
Nos anos 20 a realeza passou a usar o tricô no dia a dia e isso fica claro no figurino de Lady Rose MacClare (Lily James). Assim como outras personagens que tiveram seu estilo atualizado de acordo com a década.

Em 2012, Downton Abbey ganhou o Emmy Awards de Melhor Figurino

dowton_abbey

BOARDWALK EMPIRE
4º Temporada

O seriado, dirigido por Martin Scorsese, retrata a vida de poderosos de Atlantic City nos anos 1920, período de vigência da Lei Seca nos Estados Unidos.

O figurino, assinado por John Dunn, Lisa Padovani e Maria Zamansky é fruto de uma profunda pesquisa em bibliotecas do Fashion Institute of  Technology, do Metropolitan Museum of Arte do Brooklyn Museum e no arquivo de fotografias da Biblioteca do Congresso.
A equipe responsável enfrentou dificuldades para descobrir as cores usadas na época, pois as fotos e o material encontrado estava todo em preto e branco, foi então preciso visitar brechós em NY e LA. “Foi desta forma que nos informamos sobre a construção, os tecidos, materiais, detalhes e cores da época. Ficamos espantados com os tons que até os homens usavam naquela época”, resume John.
Para a caracterização dos personagens são utilizados somente tecidos que existiam nos anos 20. Um destaque apontado pela Harper’s Bazaar é a silhueta pós edwardiana, quando as mulheres se libertaram dos corselets e assumiram shapes retos.

Boardwalk empire já foi indicado 3 vezes ao Emmy de melhor figurino.

boardwalk_empire

HOUSE OF CARDS
2º temporada
Devo confessar que House of Cards, é minha série favorita dessa lista.
Lançada em 2013 pelo Netflix e dirigida por David Fincher, House of Cards retrata a trajetóra de vingança e luta pelo poder do congressista e líder do partido democrata Frank Underwood (Kevin Spacey) e sua esposa Claire Underwood (Robin Wright).
Aqui, o que chama a atenção sem dúvida é o figurino impecável de Claire.

Armani, Gucci, Prada são algumas grifes que fazem parte do closet da personagem que segundo Tom Broecker, figurinista da serie “Usa suas roupas como uma armadura. ela tem que ser completamente impecável, mas não pode se destacar por ser a esposa de um politico. Ela comanda uma fundação e precisa ter boa aparência, ela usa roupas pra se proteger”.

Muitas peças foram adaptadas ao corpo da atriz para compor o visual milimetricamente perfeito junto com o corte de cabelo curtíssimo.

O elenco é de maioria masculina e, é claro basicamente todos usam ternos, mesmo assim o figurino de cada personagem se difere do outro de formas sutis, Broecker visitou muitas vezes Washington e fotografava os homens na rua. “No legislativo os mais jovens se vestem diferentes, os lobistas por exemplo se vestem diferente – diferenças sutis. A maioria das pessoas de lá não ganha tanto dinheiro assim, então não há nada extremamente personalizado. Quando Obama diz que tem cinco ternos, ele realmente só tem cinco, ele apenas muda a sua camisa.” aponta Broecker.
Claire usa principalmente cores sóbrias: preto, cinza e branco. Corte reto e minimalista, pouquíssimos acessórios, e em ocasiões especiais usa colar de pérolas. A maquiagem segue a mesma linha minimal, pele perfeita e quase sempre boca nude. É uma ótima referência para quem procura um estilo low profile

house_ofcards

 

Com infos daqui aqui, e aqui.