A tradicional Liquida Tchê! começa nesta quarta-feira (5) em 12 municípios no Estado.  Promovida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS), a campanha vai até 15 de fevereiro. A liquidação tem o intuito de melhorar as vendas durante o verão, período mais retraído do comércio gaúcho.

De acordo com levantamento realizado pela FCDL-RS, entre 2005 e 2013, a queda nas vendas de dezembro (auge do consumo anual) para janeiro é, em média, de 29%. Em fevereiro, a retração em relação ao mês anterior registra média de 7,2%. Por isso, assegura a instituição, as liquidações de verão são benéficas para movimentar o varejo no Estado.  “O Liquida Tchê! projeta uma expansão de 5,5% a 6,5% em relação às vendas no mesmo período de 2013”, afirmou Vitor Augusto Koch, presidente da FCDL-RS, por e-mail. Koch também projeta a movimentação de mais de R$ 2,1 bilhões nas vendas da queima de estoque deste ano.

As ofertas devem ser bem variadas, já que os valores dos descontos repassados aos mais de 700 mil consumidores beneficiados são determinados exclusivamente pelas lojas participantes. “Cada segmento tem uma limitação diferenciada nesta concessão em razão de mercado, por exemplo, na linha de eletroeletrônicos, a margem é mais reduzida e, portanto, os percentuais de descontos são menores, diferente do setor têxtil, onde os descontos normalmente são maiores”, explica Koch. O Liquida Tchê só exige que os comerciantes pratiquem descontos reais e percebíveis.

Apesar da redução de 25 para 12 cidades participantes em relação à campanha de 2013, o presidente da FCDL-RS afirma ter um planejamento de expansão para o Liquida Tchê nos próximos anos, que será modernizada e totalmente reestruturada. Participam da liquidação os municípios de Bom Jesus, Campinas do Sul, Nova Prata, Machadinho, Santa Cruz do Sul, Canguçu, São Marcos, Encantado, São Leopoldo, Panambi, Uruguaiana e São Gabriel. Grandes centros comerciais, como Caxias do Sul e Novo Hamburgo, não participam da campanha deste ano.

Fonte