FENIM_JOVENS

Para fechar a nossa cobertura da Fenim com chave de ouro, reservamos para hoje a pauta mais inusitada. O motivo? É apenas a segunda vez que os criadores gaúchos ganham um espaço tão legal em um evento tão valorizado e, o melhor: direto de cara com quem importa – o lojista!

O nosso papel aqui é mostrar quem são essas pessoas que tiveram coragem e superconfiança de estarem lá ao lado de marcas reconhecidas nacionalmente vendendo (superbem!) o seu peixe. Talento e confiança no produto eles tem de sobra.

Fomos surpreendidos pelas criações mega coloridas, criativas e organicamente geométricas da Griffo Acessórios. Os criadores, Amanda Arenhart e Diego Moro se encontraram no sonho e se afinaram no design de couro – que os dois já dominavam. Os produtos tem um acabamento único, mas o produto vai além do tradicional no design realmente diferente:

Griffo Acessorios

Griffo Acessorios2

Outras bolsas que surpreenderam pela usabilidade foram as do designer Rafael Bernardes. TODAS as peças são feitas à mão e acompanhadas (do início ao fim da produção) pelo próprio Rafael.

Aqui, o adjetivo “tradicional” fica só no formato: todos os materiais usados, do acabamento ao bordado criado exclusivamente para cada peça são diferentes do que já vimos por aí. Além disso, adoramos a versatilidade que as peças tem – o que possibilita transitarem facilmente entre os ombros de homens e mulheres:

Rafael Bernardes Bolsas Rafael Bernardes Bolsas1 Rafael Bernardes Bolsas2

Mas como não é só de bolsas diferentes que é feito o mercado, e o público mais tradicional está aí para confirmar isso, o Espaço New Designers também trouxe criações mais clássicas, mas não menos criativas!

Nesse quesito, se destacou a marca Alice Costi com bolsas (e roupas!) de couro lindíssimas. O highlight da coleção é, sem dúvida, a bolsa saco – ou bucket bag:

Alice Costi2 Alice Costi3

 

Ainda na linha dos couros, a Me Miras é a nova marca traz o material para o vestuário do dia a dia. A designer Ana Maria Baumgarten sugere a utilização de técnicas já utilizadas no couro dos sapatos nas roupas e desenvolve peças lindas! A coleção mais atual tem ainda inspiração na arquitetura dos palácios indianos, e segue a trend sobre a qual falamos aqui.

Me Miras2 Me Miras3

 

O couro é uma das matérias primas da Dani Bello. Mas não é só essa. O inverno da marca que leva o nome da designer trabalha com transparências e veludos estampados de deixar qualquer fashionista babando! A marca já tem quatro anos e é reconhecida pela versatilidade e pela elegância:

Dani Bello1 Dani Bello2

A Folklore, marca já reconhecida aqui das gaúchas fashionistas, se reinventou e voltou ao mercado especializada em camisaria. As peças tem com material e produção 100% brasileiros, o que valoriza a peça e também a nossa indústria. Alice Comasseto, designer da marca, vai além das camisas tradicionais e desenvolve peças que podem ser usadas como tops cropped e até como vestidos, tornando os produtos versáteis e os clientes ainda mais apaixonados.

Folk

 

camisa-cavada-wine camisao-blue-geo-

E aí, já se apaixonaram pelos novos designers gaúchos?